12 Maneiras secretas que nunca te contaram para te livrares do inchaço sem fazer exercício!

Aquela barriguinha que algumas pessoas exibem pode não ser apenas o resultado de gorduras fora do lugar decorrentes da falta de exercício. Ela pode ser causada por ar no estômago e nos intestinos que, por sua vez, é o resultado do trabalho dos micro-organismos da microflora intestinal, de bactérias que ajudam a digerir os alimentos. Quanto mais difícil for para o estômago digerir os alimentos, maior será a produção de gases.

O Só Para Mulheres apresenta várias maneiras de se livrar do abdómen inchado e, além disso, ajudar o estômago a fazer o seu trabalho do dia a dia.

1. Massagem

Encontre o umbigo. Coloque as mãos 4 dedos acima dele, horizontalmente. Sobre o dedo superior fica o ponto de que precisamos. Massaje esse ponto durante 2 a 3 minutos no sentido do ponteiro do relógio. Se fizer tudo correctamente, sentirá um gosto amargo na boca e a produção de saliva será intensificada.

2. Uma massagem um pouco diferente, que ajuda a reduzir os líquidos e gases

Este ponto fica na altura do segundo dedo sobre o umbigo. Pressione-o e massaje durante 2 a 3 minutos no sentido dos ponteiros do relógio e ao mesmo tempo no sentido contrário.

3. Este tipo de massagem aumentará a actividade intestinal e eliminará a sensação de peso

Coloque as mãos 4 dedos abaixo do umbigo horizontalmente. O ponto que precisamos está abaixo do dedo mínimo. Também deve massaja-lo por 2 a 3 minutos na direcção dos ponteiros do relógio e, ao mesmo tempo, no sentido oposto. Se fizer isso direito, vai ajudar se tiver inchaço estomacal.

Existem várias causas do inchaço estomacal em uma pessoa saudável. Normalmente estão relacionados com a alimentação e com o funcionamento do estômago. Aqui deixamos alguns conselhos:

  • Beba um copo de água morna com limão todas as manhãs.A água com suco de limão, de 15 a 20 minutos antes de comer, ajuda a normalizar a produção de suco gástrico e alivia os sintomas de azia, elimina o arroto e previne a formação de gases no intestino. Limões também têm grande quantidade de vitamina C.
  • Não beba leite e café no café da manhã.O leite estimula a produção de suco gástrico e aumenta sua acidez. Pense nele como uma comida bastante pesada. Escolha iogurte ou outro produto lácteo com probióticos. Eles ajudam as bactérias do estômago a digerir os alimentos. Já o café também afecta o estômago, quase como o leite.

3. Não tome líquidos durante as refeições.

As bebidas ingeridas enquanto se alimenta dissolvem o suco gástrico e a concentração das enzimas, responsáveis ​​pela digestão. Assim, o alimento é digerido por mais tempo e pode começar um processo de fermentação. E, como resultado, há uma maior produção de gases e de inchaço do estômago.

4. Não tome bebidas alcoólicas com o estômago vazio.

O álcool estimula a produção de suco gástrico, que em caso de ausência de alimento no estômago retarda o seu trabalho e começa a danificar o revestimento do estômago. Em caso de consumo frequente, mata a microflora do estômago e do intestino. Beber ou não beber é uma escolha sua, mas tome cuidado para que seu estômago não esteja vazio.

5. Beba chá com gengibre.

O gengibre naturalmente picante acalma o estômago, diminui a produção de gases e a actividade intestinal. Também dissolve os coágulos de sangue e melhora a circulação.

6. Não coma muitos alimentos gordurosos.

Os alimentos gordurosos, fast food e as sobremesas são alimentos pesados, que ficam retidos no estômago durante a digestão. Quanto mais difícil for para o estômago digerir, maior será a produção de gases. Se você comer menos alimentos gordurosos, pode evitar a sensação de peso e desconforto.

7. Não ’coma ar’.

Quando comemos rápido, conversamos enquanto comemos, mastigamos mal, tomamos refrigerantes, mascamos pastilhas ou fumamos, engolimos ar em excesso. Isso não é perigoso, mas provoca inchaço e gases.

8. Não consuma em excesso alimentos que contenham grande quantidade de fibras.

Não exagere na quantidade de frutas, legumes, frutos e vegetais. A fibra em excesso estimula a produção de gases e dificulta o funcionamento do intestino. Coma frutas, sim. Pois elas são saudáveis. Mas não exagere se tiver problemas com gases.

9. Relaxe, durma bem e medite.

A agitação e o stress causam alteração na motilidade intestinal. Para dominá-los, é preciso se conhecer. Por exemplo, fazer de 15 a 20 minutos por dia de meditação acalmam a mente, o estômago, o coração e normalizam a circulação sanguínea.

Partilha com as tuas amigas:

Comentários: