Diga adeus aos pelos encravados! Saiba o que fazer para deixar te os ter!

pub

Existem alguns cuidados de pele fundamentais para travar o aparecimento dos pelos encravados. Saiba quais!

Por muitos cuidados que se tenha durante a depilação, eis que uma ou outra região do corpo recebe os indesejados pelos encravados. Trata-se de pequenas saliências à superfície da pele causadas pela incapacidade do pelo crescer, o que faz com que o fio fique curvado e penetrado entre as camadas de pele, causando uma inflamação.

A depilação a lâmina ou cera pode provocar o aparecimento dos pelos encravados, que tendem também a ser comuns nas pessoas com pelos mais grossos e até mesmo encaracolados por natureza. Contudo, e apesar destes fatores genéticos e de maus hábitos, existem formas bastante eficazes de prevenir o aparecimento deste tipo de pelos.

A esfoliação da pele é um dos fatores mais determinantes para ter sucesso nesta luta. De acordo com os especialisnas na área de dermatologia, “a esfoliação antes da depilação vai deixar a textura da pele mais suave e livre que qualquer sujidade que possa entupir os poros e causar pelos encravados”. Porém, não se deve esfoliar a pele apenas quando se faz depilação, diz o médico que este deve ser um hábito semanal.

Usar uma lâmina nova e de qualidade é meio caminho andado para uma depilação eficaz e para a prevenção de pelos encravados, diz a publicação, destacando a importância de aplicar um bom creme ou óleo hidratante depois de depilar a pele, pois isso irá prevenir o mau crescimento dos pelos. O uso, deve ser imediato após a depilação e deve-se dar uma especial preferência a produtos com glicerina, uma vez que este componente proporciona uma sensação de flexibilidade [na pele] e suavidade.

Mas se existem formas de prevenir o aparecimento de pelos encravados, existem também formas de lidar com eles sem causar um infeção desnecessária – e que pode ser bastante dolorosa dependo da zona do corpo.

Na prática, destaca a publicação, para desencravar um pelo deve-se adotar também o método da esfoliação, que deve ser ainda mais suave, pois o objetivo é quebrar a pele que tapa o pelo. O esfoliante deve ter retinol.

Caso a tentativa corra mal e o pelo encravado se transforme numa infeção, então, o melhor é mesmo consultar um dermatologista para saber qual o melhor tratamento a seguir.

Partilha com as tuas amigas:

Outras Dicas:

Comentários: