É por esta razão assustadora que devemos prescindir do plástico e do teflon na cozinha!

Na atualidade, existe uma tendência a prestar muita atenção aos ingredientes dos alimentos que consumimos, mas também é importante selecionar bem os recipientes e utensílios que usamos para manusear esses alimentos.

Possivelmente, já deves ter ouvido algumas notícias sobre o perigo de usar determinados tipos de plástico ou outros materiais. Neste artigo explicamos por que prescindir principalmente do plástico e do teflon pode ajudar a prevenir possíveis problemas de saúde a longo prazo.

O bisfenol A

O bisfenol A, abreviado como BPA, é uma substância que forma parte de numerosas vasilhas de plástico. Segundo uma grande quantidade de estudos científicos, o BPA pode afetar negativamente o equilíbrio hormonal e está relacionado com patologias como a diabetes, a obesidade, a infertilidade, o cancro de mama ou de próstata, os problemas cardiovasculares, as alterações no desenvolvimento neurológico e cerebral e  os transtornos do comportamento.

Na França, o seu uso já está proibido e a União Europeia proibiu a venda de biberons  de plástico com esse componente, seguindo os passos dos Estados Unidos e Canadá.

A seguir vamos explicar como podemos evitar esses efeitos nocivos para a nossa saúde.

agua-zsoltika

Como evitamos o BPA?

Todo vasilhame de plástico deveria levar um código de reciclagem impressa, geralmente na base. Deveríamos dar uma olhada nesse código para saber de que plástico se trata, já que não todos contêm o BPA.

Os plásticos que contêm mais quantidade do BPA são os numerados com 3, 7 e 10.

Segundo a Unidade Especial de Saúde Ambiental Infantil dos EUA, os plásticos menos prejudiciais, por outro lado, são aqueles com os seguintes números:

  • 1 (PETE).

  • 2 (HDPE).

  • 4 (LDPE).

  • 5 (PP).

Além de escolher esses plásticos quando não temos outra opção de vasilha, também é importante evitarmos reutilizar as garrafas de plástico, já que seu uso prolongado vai facilitando a liberação das substâncias tóxicas.

Por último, não devemos submeter o plástico com alimentos a altas temperaturas, o que inclui aquecer a comida no micro-ondas em vasilhas de plástico. Este processo libera ainda mais facilmente os produtos químicos.

O teflon

Estudos científicos detectaram níveis importantes de teflon no sangue da maioria de pessoas, por causa do desprendimento gradual desse material anti-aderente que recobre panelas, frigideiras e bandejas de forno, principalmente.

A substância tóxica relacionada com o teflon é o ácido perfluoroctânico (PFOA), que demonstrou ser potencialmente cancerígena.

frigideira-teflon-massdistraction

Alternativas ao teflon

Os antigos utensílios de alumínio também não são recomendáveis, já que a exposição a esse metal pesado está relacionada com a aparição de doenças neurodegenerativas como o Alzheimer ou o Parkinson.

Portanto, os materiais mais saudáveis na cozinha são os seguintes:

  • Vidro.

  • Cerâmica.

  • Titânio.

  • Aço inoxidável.

  • Ferro fundido.

  • Barro natural.

  • Madeira.

  • Bambu.

tahine-lisa-500x334

Partilha com as tuas amigas:

Comentários: