Faz uma mini-horta de temperos para os teus cozinhados! É tão fácil!

pub

Já é possível criar uma pequena horta de temperos, mesmo que não tenha grande espaço!

Para quem não tem casa com quintal e não tem muito espaço, basta uma varanda solarenga para criar os seus temperos. Pode usar floreiras na varanda / marquise ou optar por uma pequena horta vertical acoplada à parede. Já existem diversas opções para a montagem destas hortas urbanas originais.

Horta de temperos

Os temperos podem ser consumidos logo após a sua colheita.

Ervas / temperos mais aconselháveis para plantar.

As melhores ervas/temperos são as mais resistentes ao nosso clima e úteis na sua cozinha, tais como: alecrim, manjericão, hortelã, orégãos, tomilho, sálvia, pimenta, coentros e salsa.

Tipos de vasos

Os vasos podem ser de qualquer tamanho, dependendo da área destinada para os temperos, sejam estes pequenos, médios ou grandes. Mas os mais indicados serão as floreiras.

É importante fazer uma boa drenagem nos vasos, pondo pedrinhas no fundo e plantar os temperos com um espaçamento suficiente entre eles.

Regas e Luz

Os temperos necessitam ser regados todos os dias, ou no início da manhã ou no final da tarde. Evite as regas a meio do dia, nas horas de maior calor.

A quantidade de água deve ser medida conforme o tamanho dos vasos. Deverá manter a terra húmida, mas não encharcada e ficar atento/a à quantidade de incidência de luz.

O local onde irá fazer a sua pequena horta deve estar exposto ao sol, pelo menos, 2h por dia.

Adubação

As adubações podem ser feitas mensalmente com adubos orgânicos.<

Principais erros cometidos na horta de temperos

  • Não retirar as ervas daninhas
  • Plantar várias ervas / temperos diferentes no mesmo vaso ou floreira
  • Não preparar a drenagem do solo
  • Não adubar
  • Ausência de regas ou regas em demasia
  • Falta de luz

O que plantar na horta de temperos

  • Alecrim

É uma planta muito resistente, ideal para quem não tem muito tempo para cuidar da horta. Adapta-se a climas quentes e secos e pode passar até 3 dias sem ser regado.

É ideal para temperar peixes e carnes assadas.

  • Tomilho

É uma planta que não gosta de muita água. As regas podem ser feitas de 2 em 2 dias.

Uma dica importante: quanto menor a humidade no vaso, mais aromático ficará o tomilho.

Pode ser usado em ensopados e molhos à base de vinho.

  • Hortelã

Esta planta possui raízes muito profundas logo não deve ser plantada juntamente com outras plantas, para não prejudicar o seu desenvolvimento.

Pode ser usada em assados, grelhados, sumos e chás.

  • Manjericão

O manjericão prefere climas quentes e amenos.

Pode ser usado em massas, molhos e pizzas.

  • Orégãos

Esta planta adapta-se bem a qualquer ambiente e exige pouca água para se desenvolver.

Pode ser usado em massas, pizzas, assados e molhos.

  • Salsa

Resiste bem ao inverno e precisa ser regada diariamente para se desenvolver.

Pode ser usada em sopas, saladas, omeletes e sanduíches.

  • Coentros

Não tolera bem temperaturas demasiado altas.

Podem ser usados em sopas, pratos de peixe e marisco.

  • Sálvia

É uma planta que resiste bem a baixas temperaturas. Ideal para quem não tem muito tempo pois pode ser regada a cada dois dias.

É usada na decoração de pratos e para temperar carnes mais gordurosas, como as de caça.

  • Pimenta

É uma planta muito resistente, mas necessita de bastante espaço para se desenvolver. Como tal, não vale a pena misturá-la com outras plantas.

Pode ser usada em pratos étnicos, molhos, conservas e assados.

Partilha com as tuas amigas:

Relacionados:

Comentários: