Hábitos alimentares saudáveis que poderão estar a engorda-la

AAf7palCertos hábitos que possam ser ou parecer saudáveis podem estar a interferir na sua dieta. A revista Prevention reuniu seis exemplos.

1. Usa sacos de compras reutilizáveis. Um estudo da Harvard Business School concluiu que as pessoas que levam o seu saco reutilizável quando vão às compras são mais propensas a comprar alimentos pouco saudáveis como bolachas, batatas fritas, doces ou gelado. Combata essas compras por impulso, pensando que levar o seu saco para as compras é uma questão de estatuto e não uma boa ação extraordinária pela qual se pode recompensar com guloseimas.

2. Está obcecado com um tipo de nutriente. As dietas pobres em hidratos de carbono e gordura são muito frequentes mas focar-se em cada nutriente não é a estratégia ideal para perder peso. Aposte na variedade de alimentos frescos e dos seus nutrientes e propriedades. Não faça limites drásticos de qualquer tipo de nutriente, o seu corpo precisa deles todos.

3. Compra muitos alimentos ‘saudáveis’. Um estudo publicado no Journal of Marketing Research concluiu que as pessoas que tendem a comprar alimentos rotulados como ‘saudáveis’, ‘baixo em calorias’, ‘light’, ‘bio’, etc faz com que comam mais e pratiquem menos exercício. Sendo que até têm menos em conta a quantidade de açúcar e calorias que estão a ingerir uma vez que estão a consumir alimentos ditos ‘saudáveis’. Lembre-se de que todos os alimentos têm calorias e que independentemente de serem mais ou menos saudáveis, é preciso queimá-las.

4. Conta as calorias. Perder peso não é um jogo de números. Como destaca a Prevention, as estratégias de perda de peso falham em mais de 95% das vezes. E não adianta entrar em regime de fome, o seu corpo irá começar a queimar músculo em vez de gordura. Focar-se apenas nas calorias pode levá-lo a fazer escolhas alimentares pobres e menos saudáveis. Por exemplo, uma barra de cereais tem menos calorias do que um punhado de amêndoas mas as barras de cereais têm açúcar e falta de nutrientes essenciais para o manterem saciado por mais tempo.

5. Pensa na comida como ‘boa’ e ‘diabólica’. Sentir-se bem quando come vegetais mas cheio de culpa quando come massa não contribui em nada para a sua forma física. Um estudo da Universidade de Toronto concluiu que as pessoas que se sentem com mais culpa depois de comer acabam por voltar a comer coisas pouco saudáveis porque acreditam que já que fizeram ‘asneiras’, nesse dia já não há remédio. E também sugere que as pessoas que comem vegetais, por exemplo, acabam por sentir que se podem recompensar com algo menos saudável. Quebre o ciclo e coma saudável não para se sentir moralmente bem mas pela sua saúde.

6. Mantém a mesma rotina saudável todos os dias. Estar sempre a comer as mesmas coisas para tentar manter-se saudável limita a sua ingestão de nutrientes e de bactérias que contribuem para uma boa digestão e um correto funcionamento do organismo – que vai contribuir para a perda de peso. A chave está na variedade e nas porções corretas.

Fonte: Noticias ao minuto

Partilha com as tuas amigas:

Comentários: