O alecrim – uma planta com benefícios incríveis que poucos conhecem!

Antes do advento da indústria farmacêutica como a conhecemos hoje, a medicina sempre usou ervas como remédios para tratar doenças e aliviar sintomas. Entre os muitos elementos preciosos fornecidos pela mãe natureza, o alecrim é uma das plantas aromáticas mais antigas e difundidas do mundo.

O arbusto tem sido usado durante séculos para tratar condições de saúde diferentes, aqui vamos mostrar em detalhe como ele pode ser usado.

OBS.: os conselhos que lhe damos NUNCA podem substituir a opinião de um médico ou os tratamentos farmacológicos que um médico pode receitar para uma patologia específica.

Bloqueia a perda de cabelo

O óleo de alecrim aumenta e melhora a circulação sanguínea e linfática, tornando-se um excelente tratamento contra a caspa e alopecia.

Funciona como um anti-bacteriano natural

Inibe a proliferação de patógenos, por isso é útil como desinfetante ou para combater intoxicações alimentares.

É um poderoso antioxidante

Altos níveis de ácido romarínico e ácido cafeico provam ser excelentes aliados na eliminação de toxinas do fígado e na prevenção do cancro.

Melhora a memória e reduz o stresse

Aumenta a atividade cerebral e também reduz a agitação, não é por acaso que é muito utilizado na aromaterapia para tratar a ansiedade ou a depressão.

Ajuda a aliviar problemas respiratórios

A presença de substâncias antioxidantes também possui uma ação de vasodilatação e ação broncolítica, liberando as vias aéreas e aliviando a congestão.

Pelo que foi dito, é claro quanto alecrim pode ser benéfico para o corpo, no entanto, embora seja simplesmente uma planta, nunca deve ser tomado como auto-terapia. Sem saber você pode ter condições particulares, intolerâncias ou alergias que transformam este ingrediente saudável em uma armadilha que deve ser evitado. Como precaução, consulte sempre o seu médico primeiro.

Partilha com as tuas amigas:

Mais dicas:

Comentários: