Receitas de queijos vegan super fáceis de fazer em casa! Experimente já e surpreenda-se!

O queijo é “o produto fresco ou curado, de consistência variável, obtido por coagulação e dessoramento do leite ou do leite total ou parcialmente desnatado” e também “da nata, do leitelho, bem como da mistura de alguns ou de todos estes produtos, incluindo o lactossoro”, segundo a legislação alimentar portuguesa. No entanto, hoje em dia, já não é bem assim.

A alimentação saudável é cada vez mais uma realidade nas casas portuguesas e nos restaurantes, e a procura por alimentos de origem animal também foi diminuindo. Resultado: surgiram outros tipos de queijo, que embora não se encaixem na definição anterior, não deixam de o ser. O queijo vegan é um desses exemplos.

Na sua essência não é queijo, nem nutricionalmente é equivalente. No entanto, para barrar um pão ou fazer gratinados é uma opção alternativa ao queijo e com menor teor de gordura saturada.

De acordo com especialistas, pode encontrar várias versões à venda nos supermercados, mas estão carregadas de gorduras e derivados de açúcar. Para o ajudar, temos três receitas de queijos vegan que pode preparar em casa.

Contudo, antes disso, saiba que há cinco ingredientes que deve ter sempre em casa: amêndoa, castanha de caju ou sementes de girassol; azeite; especiarias (paprika, óregãos ou manjericão); levedura; ágar-ágar (ativar com água a ferver durante oito a dez minutos e só depois misturar muito bem com os restantes ingredientes já triturados).

Queijo vegan de tomate seco e manjericão

Ingredientes:

— Uma chávena de amêndoas cruas (sem pele) ou caju cru;
— Quatro colheres de sopa de azeite virgem;
— Duas colheres de sopa de levedura de cerveja ou nutritional yeast (confere um sabor mais leve e natural a queijo);
— Um dente de alho (ou duas colheres de chá de alho em pó);
— Raspa de meio limão;
— Sumo de um limão;
— Meia chávena de folhas de orégãos;
— Pimenta preta (a gosto);
— Sal (a gosto);
— Um quarto de uma chávena de água;
— Um fio de azeite e folhas de salsa para decorar.

Modo de preparação:

Demolhe as amêndoas de um dia para o outro (ou escale em água a ferver se tiver pele). Depois, descarte a água de demolhar/cozedura (para eliminar os compostos antinutricionais).

De seguida, numa liquificadora, coloque as amêndoas, água a gosto para preparar o “leite” (três a quatro chávenas de água), o sumo de limão e os temperos. Não se esqueça de acrescentar o agár-agár ativado e triturar tudo muito bem.

No final, passe por um pano fino. Pode eliminar ou reservar o “leite” e utilizar a polpa que fica dentro do pano.

Queijo cremoso de sementes de girassol

Ingredientes:

— Um dente de alho pequeno (picado);
— Um quarto de uma colher de chá de sal;
— Uma chávena de sementes de girassol (demolhar uma hora antes e triturar);
— Quatro colheres de sopa de sumo de limão;
— Meio copo de água.

Modo de preparação:

Coloque o alho, o sal e as sementes de girassol num processador de alimentos e processe na velocidade mínima até triturar em pequenos pedaços. Adicione lentamente a água e o limão, e continue até conseguir uma consistência cremosa (acrescente mais água se necessário). Depois, é só colocar tudo num recipiente fechado.

Nota: pode refrigerar durante quatro a cinco dias, sendo que a consistência vai tornar-se mais densa. Segundo a nutricionista, é uma boa opção para passar no pão, tostas ou recheios. Para variar o sabor, pode adicionar tomate seco, azeitonas ou manjericão.

Queijo vegan para barrar de amêndoa e noz moscada

 Ingredientes:

— Uma chávena de amêndoas sem pele ou caju;
— 300 mililitros de água;
— Uma colher de sopa de sumo de limão;
— Uma colher de sopa de amido de milho;
— Manjericão (a gosto);
— Tomate seco (a gosto);
— Paprika (a gosto);
— Alho em pó (a gosto);
— Noz-moscada (a gosto);
— Pimenta preta (a gosto);
— Orégãos (a gosto);
— Pitada de sal marinho.

Modo de preparação:

Comece por demolhar as amêndoas de uma dia para o outro (no mínimo oito horas). Num processador de alimentos, junte as amêndoas demolhadas, o sumo de limão, a água, o amido de milho, alho em pó, paprika, noz-moscada, pimenta preta e sal marinho. Triture durante um minuto e meio.

Depois, transfira para um tacho e aqueça em lume médio. Mexa constantemente com uma colher até começar a engrossar ligeiramente. De seguida, desligue o fogo e adicione o manjericão e o tomate seco em pedaços. Deve transferir para um frasco de vidro e tapar com uma folha de papel vegetal. Não se esqueça de deixar arrefecer completamente e, então, guardar no frigorífico.

Segue a nossa página de facebook:


Vais Gostar de Ver

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *