Se vires uma mancha destas em ti ou no teu filho vai de imediato ao médico!

Uma mancha avermelhada e em formato de alvo, com dois ou mais aros em torno de um ponto lesionado, pode ser sinal de uma doença grave que está se a tornar mais conhecida a cada dia. Trata-se da doença de Lyme, que tem, inclusive, algumas celebridades como vítimas.

Vê a seguir como é adquirida e o que causa essa infecção.

Capturar-8-502x330

Doença de Lyme: o que é?

A doença de Lyme tornou-se mais conhecida depois que alguns famosos revelaram que a têm. Entre eles, a cantora Avril Lavigne, a atriz e cantora Thalia e a top model Bella Hadid. Causada pela bactéria Borrelia Burgdorferi, que é transmitida ao ser humano através picadas de carrapato, ela pode evoluir de maneira bastante grave.

Sintomas

Os primeiros sinais da doença acontecem, de maneira geral, de 3 a 30 dias após a picada do carrapato, mas há casos em que os sintomas podem demorar anos para se manifestar.Inicialmente, surge uma mancha avermelhada ao redor da lesão causada pelo carrapato que pode se espalhar para todo o corpo, chamado eritema migratório. Em seguida, surgem sintomas como cansaço, mal-estar, febre, dor de cabeça e dor no corpo, que costumam durar de 2 a 4 semanas, mas podem persistir por até 6 meses. Em casos raros, a doença pode persistir por anos sem responder ao tratamento.

Em alguns casos, os sintomas da doença de Lyme se estendem por anos.

Nessa fase, a doença pode ser confundida com outros problemas de saúde, como reumatismos, e, caso isso aconteça, os sintomas tendem a persistir e se tornarem mais graves. Caso a doença não seja tratada, podem surgir paralisia facial, palpitações, arritmia, tontura, falta de ar, alterações de memória e dormência, formigueiro e dor nas mãos e nos pés.

Tratamento

O uso de antibióticos aos primeiros sinais da doença costuma levar a uma melhora completa do quadro. Caso os sintomas afetem o coração e sistema nervoso, podem ser necessários outros medicamentos, como anti-inflamatórios.

Mas existe uma minoria de casos em que os sintomas podem continuar por anos sem melhorar com o uso de antibióticos, nesse caso a doença é classificada como doença de Lyme pós-tratamento, mas também costuma ser chamada de doença de Lyme crônica. Não se sabe ao certo por que isso acontece.

Partilha com as tuas amigas:

Comentários: