Ter um filho Homem é um verdadeiro Tesouro!

pub

O filho homem é um tesouro para qualquer mãe e qualquer pai, que vem refletido nesta nova vida, e nas esperanças de dar ao mundo um homem valente capaz de fazer feliz todas as pessoas à sua volta.

Todas as crianças são preciosas e valiosas, sejam meninos ou meninas, e devemos amá-los e educá-los por igual.

No entanto, a personalidade de um filho homem costuma ser, em algumas ocasiões, um pouco diferente, e pode demandar necessidades que vale a pena levar em conta.

As crianças não são cópias dos seus pais ou das suas mães. É necessário lembrar que eles têm voz própria e uma personalidade distinta, que temos que saber orientar para que aprendam a ser responsáveis, maduros e felizes.

filho_homem

Explicamos a seguir como fazer isso:

O filho homem: desafios e estratégias para a sua educação

Ressaltamos uma vez mais que a educação de um menino e de uma menina deve ser realizada de igual modo e sem cair nos estereótipos de género.

Os conselhos que oferecemos aqui serão dados pelas necessidades de cada criança, mas, no geral, são ferramentas básicas que podem servir-nos de ajuda e de orientação.

Não o ensine a ser o mais forte, o mais inteligente ou o mais valente. Ensine-o a ser “ele mesmo”.

Um erro que muitas famílias podem cometer é, uma vez mais, o de cair nos estereótipos de sexo e de género que mencionamos anteriormente.

  • Se um menino não quer ou não gosta de praticar um determinado desporto, não devemos forçá-lo a fazê-lo.

  • Conheça o seu filho e não queira que ele seja uma cópia sua. Pode mostrar a ele do que gosta, pode guiá-lo rumo a determinados gostos e hobbies para que os conheça, mas nunca imponha obrigatoriamente algo que não lhe agrada.

  • Há quem deseje que o seu filho homem seja o melhor a jogar futebol, o mais forte da escola, o mais corajoso entre os seus amigos e o mais inteligente da sala. Não é o adequado.

  • Com o filho homem faremos o mesmo do que com as nossas filhas: permita que sejam eles os que escolherão por si mesmos o que desejam fazer, o que desejam praticar nos seus tempos livres, e os sonhos que desejam alcançar quando chegar o momento.

Um filho homem também tem direito de chorar

Os filhos homens não nascem a ser mais fortes do que as meninas, nem são invulneráveis. Outro erro no qual alguns pais e mães podem cair é comentar sempre aquilo de “não chore, você é um homem e os homens precisam de ser fortes sem deitar uma lágrima”.

  • Os filhos pedirão o seu espaço de forma precoce

  • Os meninos oscilam em instantes entre a necessidade de apego e os mimos e o desejo extremo de estarem sozinhos e disporem dos seus direitos e independência. Eles farão isso, aliás, de forma precoce.

  • É preciso ter paciência, inteligência e uma alta capacidade de negociação. Os meninos vão relacionar de forma negativa uma simples proibição, por isso é preciso argumentá-las para que, ao menos, entendam porque não podem fazer determinadas coisas ainda.

  • É necessário também que se um filho homem lhe peça espaço e determinados direitos, mostremos a eles também a necessidade de ter responsabilidades.

  • Por isso, não hesite em designar responsabilidades a eles desde pequenos (assim como às meninas, é claro).

  • Aspectos como a organização do seu quarto, a ajuda na casa, o cuidado dos animais de estimação ou os cuidados com as suas coisas são fatores básicos e essenciais que devem ser cumpridos.

  • Os meninos, assim como as meninas, precisam desabafar as suas emoções; permita que chorem se precisarem.

  • Antes de mais nada, algo essencial que devemos propiciar ao nosso filho homem é uma adequada comunicação emocional. Tente estabelecer desde o princípio uma relação de confiança.

  • Nunca menospreze ou ironize o que ele disser, ouça as suas ideias, pensamentos, emoções e preferências. Para ele é importante, e se em algum momento o criticar ou menosprezar, é provável que ele deixe de confiar em você.

Para concluir, ter um filho homem é um tesouro e um desafio. A sua educação será sempre baseada em entender as suas necessidades e facilitar a sua comunicação emocional, e manter sempre a cumplicidade para que confie em nós.

Respeite a sua personalidade, os seus gostos, seja o pilar do quotidiano que sirva de exemplo para aprender a ser independente e maduro o bastante para lutar pelos seus sonhos, sabendo que você estará com ele a cada dia das suas vidas.

Como mães e pais, amamos os nossos filhos e filhas igualmente e, por isso, iremos educá-los também com os mesmos direitos e responsabilidades. É muito importante fazer isso!

Partilha com as tuas amigas:

pub

Comentários: