Os casais que são felizes não falam do seu relacionamento nas redes sociais

Os casais que são mais felizes não falam do seu relacionamento nas redes sociais.

Publicar tudo o que acontece no dia a dia nas redes sociais tornou-se um hábito comum e, para muitas pessoas, é quase indispensável.

No entanto, por trás do exibicionismo, a busca desesperada por “gostos” pode esconder um profundo sentimento de insegurança e insatisfação. A prova está no facto de que, estatisticamente, as pessoas que vivem um relacionamento feliz são aquelas que exactamente passam menos tempo a publicar e a partilhar coisas nas redes sociais.

imagem: dr_zoidberg/Flickr

Mas também existem casos raros, é claro que o que é colocado online é quase sempre um artefacto, manipulado de propósito, na prática, qualquer coisa, menos espontâneo. O gesto de tirar uma “selfie” envolve colocar-se numa pose, fazendo a expressão correta e repetindo a foto até que esteja feliz com o resultado. O mesmo conceito de fotografar uma pessoa, um objecto ou uma situação, que distorcem a realidade porque aguarda o momento certo, o enquadramento perfeito.

As pessoas querem passar aos outros uma certa imagem de si, parecendo mais bonita, envolvida, divertida, com uma vida plena e excitante.

O argumento vale mais ainda para os relacionamentos, quando os casais são frequentemente vistos publicando imagens que retratam todo o seu amor e a felicidade de estarem juntos. Usando outra expressão comum, podemos dizer que “tudo o que reluz não é ouro”, na verdade, em muitos casos, a realidade é muito diferente de como é representada. Aqueles que vivem uma história verdadeiramente satisfatória e serena não têm nem o desejo nem o tempo para se exibir, porque estão ocupados demais a viver o seu amor.

Imagem: pexels

Existem aqueles que, às vezes, querem que as pessoas conheçam sua alegria por uma sensação de vingança em relação a alguém, gerar inveja ou chegar a aqueles que precisam de uma mensagem como “Eu fui em frente sem sem ti”. A felicidade, aquela de verdade, é uma coisa pessoal e privada que deve ser zelosamente guardada ou, no máximo, compartilhada com alguns entes queridos.

Todas as vezes que alguém escreve na Internet sobre o quão sortudo ele é por viver um amor tão maravilhoso, pode-se imaginar que ele está a perder tempo a contar isso em vez de aproveitar.

É claro que não há nada de errado em publicar algo de tempos em tempos, para lembrar de ser mais “sociável e menos social”!

Fonte: Olhaquevideo

Partilha com as tuas amigas:

Mais dicas:

Comentários: