Usar demasiado saltos altos traz enormes perigos para a saúde!

pub

Apesar de toda a beleza destes sapatos, o seu uso prolongado pode resultar em problemas de saúde a longo prazo

Presentes nos pés e nos corações de grande parte das mulheres, os calçados de salto alto são um ícone de elegância e beleza, pertencendo a selecta lista de itens que nunca saem de moda.

Mas o que define um salto alto? Basicamente são sapatos em que o calcanhar de quem o utiliza fica em uma altura mais elevada do que os dedos, tanto é que calçados plataforma não podem ser considerados salto, já que apesar de terem uma sola alta, os dedos ficam na mesma altura que o calcanhar.

Apesar de toda a beleza destes sapatos, que atraem principalmente por dar a ilusão que a usuária tem pernas mais longas, infelizmente o seu uso prolongado pode resultar em problemas de saúde. Queixas de dores, inchaços e até mesmo surgimento de varizes relacionadas ao uso sem moderação de saltos altos são algumas das consequências.

Problemas do uso prolongado de salto alto

Quando alguém calça um salto alto e começa a se movimentar com ele, acaba colocando grande parte do peso do seu corpo na região do ante-pé, região que compreende dos dedos ao peito do pé, o que acaba causando uma grande pressão na região. Além disso, a pouca mobilidade da parte de trás da perna causada pelo calcanhar muito alto, acaba por deixar o tendão de aquiles retraído por muito tempo, o que pode resultar em tendinite.

Outro fato importante é de que a contração da musculatura das pernas é de grande importância para a circulação do sangue na região e como o caminhar acaba se alterando para se adaptar ao salto, isso pode acabar provocando um congestionamento do sangue nas veias. As principais complicações causadas pelo uso excessivo deste tipo de calçado são:

  • Calos;
  • Joanetes;
  • Bursite;
  • Tendinite;
  • Dores na planta do pé;
  • Fractura nos metatarsos.

Outras regiões afectadas

Além dos dedos e pés, o uso excessivo ou erróneo do salto alto pode acabar comprometendo outras partes do corpo, sendo os mais afectados os joelhos, que acabam sofrendo desgaste pelo tempo em que ficam flexionados; e a coluna, já que o centro de gravidade do corpo muda com o uso do calçado e pode provocar uma série de problemas especialmente na lombar, que vão desde dores provocadas pela lordose, até mesmo hérnias de disco.

Partilha com as tuas amigas:

Relacionados:

Comentários: