Descobre qual dos 3 tipos de olheiras é o teu e qual a melhor maneira de acabar com elas!

 Das coisas mais comuns entre as pessoas é a presença de olheiras.

Nós as mulheres tentamos disfarçá-las com alguns produtos de beleza.

Mas a melhor forma de as tratar é conhecer o seu tipo e usar algumas destas dicas!

Olheiras na pálpebra superior

As olheiras na parte inferior dos olhos são as mais comuns, mas algumas pessoas têm também olheiras nas pálpebras.

Olheiras por má circulação

olheiras-azuladas

Olheiras azuladas são causadas por má circulação

De acordo com a dermatologista Mónica Aribi, existem três tipos de olheiras na parte inferior dos olhos. As mais azuladas são decorrente de má circulação e costumam acometer mais as pessoas que têm peles claras.

Olheiras por excesso de melanina

olheiras_mais_escuras

Olheiras nem sempre são sinónimo de noite mal dormidas

Já as olheiras bem escuras (castanhas e arroxeadas) são decorrentes de excesso de melanina no local, é mais comum em pessoas com peles morenas e negras e, geralmente, são decorrentes de herança genética.

Pálpebras flácidas 

olheiras_causadas_por_flacidez

A terceira é chamada de olheira por pálpebra flácida. A flacidez da pálpebra deixa os olhos mais fundos e faz sombras que dão a sensação que a região dos olhos está escura. “Fotograficamente a região está escuro porque esta flacidez causa sombreamento na região dos olhos”, explica Mónica

Os fumantes são mais propensos a terem olheiras. As olheiras também podem indicar problemas graves de saúde como doenças pulmonares e sistémicas. Por isso, se dorme bem e mesmo assim tem olheiras sempre, é importante procurar um dermatologista para fazer uma avaliação.

Como tratar olheiras?

olheiras_na_palpebra

Olheiras também podem aparecer nas pálpebras

Existem diferentes tipos de tratamento para olheiras. Se a pessoa for diagnosticada com problema de circulação, ela deve fazer laser Yag nas regiões afectadas a cada 15 dias ou uma vez por mês, porque ajuda a activar a circulação. Mónica indica no mínimo três sessões.

Se a causa da olheira for excesso de pigmento, o indicado é um outro tipo de laser, o Q Switched. O procedimento é o mesmo, mas a luz é diferente e atinge diretamente as regiões com excesso de melanina. Neste caso, são necessárias 5 sessões que podem ser feitas a cada 15 dias.

A flacidez nas pálpebras costuma ser tratada com preenchimento feito com ácido hialurónico. Se o grau de flacidez ainda é leve, a dermatologista conta que usa um aparelho chamado Ulthera que é capaz de deixar a pálpebra mais firme em apenas uma sessão.

Se a pessoa tiver mais de um tipo de olheira, os procedimentos precisam ser combinados.

Pode ser problema de saúde?

As olheiras também podem indicar problemas graves de saúde como doenças pulmonares e sistémicas. Por isso, se dorme bem e mesmo assim tem olheiras sempre, é importante procurar um dermatologista para ele fazer uma avaliação.

Como evitar olheiras?

Para prevenir as olheiras, a dermatologista orienta fazer compressas de chá de camomila e de água gelada com pepino na região dos olhos de vez em quando.

Partilha com as tuas amigas:

Comentários: