Homem vai acompanhar o parto da namorada, mas fica com vergonha dela: “pára de gritar, envergonhas-me”

pub

“Podes parar de gritar? Estás a envergonhar-me”.

Existem situações em que, se não sabemos exatamente o que as pessoas à nossa volta sentem, normalmente é melhor ficarmos calados, especialmente se são pessoas que não numa altura de se divertirem. Certamente, isso inclui também o parto, uma experiência maravilhosa, porque marca o momento em que um novo ser nasce, mas ao mesmo tempo, um momento de dor física real, sentida por mulheres que estão prestes a tornarem-se mães.

E quando isso acontece, é importante que os companheiros e maridos testemunhem esse fenómeno natural.

Pense, no entanto, se um deles, justamente quando a mulher está a sofrer muito para dar à luz, começa a criticá-la severamente e a sentir-se envergonhado com o que está a acontecer. Se acha que é impossível, depois de ler esta história que contaremos a seguir, infelizmente, será forçado a mudar de ideias.

Quem contou o episódio desagradável no Reddit foi uma nova mãe. Ela e o namorado, ambos na casa dos vinte anos, estavam juntos há cerca de um ano, mas a gravidez, em vez de aproximá-los e enchê-los de alegria, parece ter piorado tudo, pelo menos no que diz respeito ao pai.

Enquanto a sua namorada estava a dar à luz com parto normal, ele esteve ao lado dela o tempo todo.

A dor para ela não era leve. Gritos e sofrimento não faltaram, como pode acontecer em momentos como esse. O amor e a proximidade de um ente querido, no entanto, deveria dar conforto e melhorar um pouco a situação, mesmo que apenas com a sua presença. Em vez disso, o seu companheiro achou melhor sussurrar várias vezes para a parceira, coisas como “podes parar de gritar? Estás a envergonhar-me”, e tudo acompanhado com outras frases completamente vulgares e fora de contexto.

Se, nesse ponto, está bastante abalado com o que leu, saiba que não está sozinho. A história contada pela jovem mão teve muitos comentários de apoio e tantas pessoas que a aconselharam a deixar o namorado o mais rápido possível, ou pelo menos para reavaliar o relacionamento com ele.

Um pai que se comporta assim na sala de parto, sem entender absolutamente o que a mãe do seu filho está a passar naquele momento, certamente não é um bom presságio para o futuro…

Podemos dizer, de fato, que esse jovem fez e disse tudo o que não precisava fazer e dizer naquele momento. Cobrir o rosto de vergonha é, por sua vez, um gesto vergonhoso. A mulher, com muita raiva, anunciou a sua explosão e relatou que, nos dias seguintes, ele negou tudo.

Em resumo: uma atitude negativa, certamente condenável, que nenhum pai jamais deveria ter nessas circunstâncias. Tudo o que resta é desejar que esse casal esclareça a situação, esperando que o pai realmente entenda o que é certo e o que está errado.

Fonte: www.reddit.com

Partilha com as tuas amigas:

pub

Comentários: