Mães mais severas têm maior probabilidade de ter filhas com sucesso na vida

A relação entre mãe e filha, especialmente durante a adolescência, pode realmente se tornar muito complexa!

Por um lado, a filha começa a precisar de emancipação e busca a sua independência, por outro, a mãe gostaria de começar a ver uma mulher nela, com todas as responsabilidades que isso acarreta. Geralmente este conflito é resolvido com confrontos verbais acalorados (temos a certeza de que todos tiveram com seus pais!), e terminam com a mãe que exclama: “um dia vais me agradecer por tudo isso!”.

Hoje vamos mostrar-te que é bem assim: ter uma mãe rígida realmente ajuda as filhas a terem sucesso na vida.

Um estudo realizado pela Universidade de Essex, na Inglaterra, acompanhou a vida de mais de 15.000 meninas entre 13 e 14 anos, de 2004 a 2010, estudando a relação com a mãe e os desenvolvimentos das suas vidas.

Emergiu que as meninas que tinham mães mais duras e mais rigorosas tinham maior probabilidade de frequentar a faculdade e aprofundar seus estudos, chegando a receber um salário em média mais alto do que as filhas de mães permissivas ou indiferentes. Além disso, elas eram muito menos propensas a incorrer em gravidezes indesejadas durante a adolescência.

Segundo o estudo, portanto, as mães mais “insuportáveis”, ou seja, aquelas que são mais rigorosas na definição dos horários de saída e retorno, ou que insistem que a filha a ajuda em casa, acabam criando filhas mais conscientes de si mesmas e de suas responsabilidades e expectativas.

Criar uma adolescente não é fácil, e muitas vezes há a questão de ser muito insistente ou severo, mas, nesses casos, devemos lembrar que estamos fazendo isso para o bem de nossos filhos. Aprender os valores e responsabilidades e aprender a amar a si mesmo, são lições que os filhos aprenderão especialmente através de si, graças às suas regras e proibições. A ciência agora confirma: um dia seus filhos vão te agradecer… mesmo pelos seus “sermões”!

Segue a nossa página de facebook:



Vais Gostar de Ver

Comentários

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.