O teu filho seguirá o teu exemplo, não o teu conselho!

pub

O papel dos pais é um dos mais complicados que vamos aprender ao longo da vida, posto que ter um filho implica, entre muitas outras coisas, uma felicidade extrema e um esforço constante para a sua educação e o seu crescimento como pessoa. Como pai ou mãe a sua figura será provavelmente o maior exemplo, o maior ponto de referência, que o filho irá ter na vida.

A maioria das crianças ouvem o que dizem a elas, algumas inclusive fazem o que é dito, mas todas as crianças fazem o que os adultos fazem.

De facto aprendes que, conforme cresces, o teu filho escolherá, conscientemente ou não, imitar as tuas condutas, e isso poderá até mesmo fazê-lo consciente de alguns comportamentos que não sabia que tinha mas que, em algum momento, são refletidos pelas crianças. Ser pai é ser exemplo até que o teu filho possa ter consciência suficiente para moldar os seus próprios padrões de vida.

filho_seguir

Os conselhos devem ser sempre condizentes com os actos

As crianças prestam atenção em tudo, e tudo o que disseres a elas deve ser acompanhado de um acto representativo: então, como pai, se aconselhas o teu filho sobre qualquer aspecto e fazes o contrário, provavelmente a criança dará mais atenção ao que fizeste do que ao que disseste. Muitas serão as ocasiões nas quais o teu filho irá recriminar-te pois não ages conforme a tua lição, o que lhe ajudará também a dar-se conta das tuas fragilidades e defeitos.

“A palavra convence, mas o exemplo arrasta. Não te preocupes porque os teus filhos não te ouvem, mas observam-te todo o dia.” -Madre Teresa de Calcutá

Deste modo, a coerência é a base de qualquer coisa que desejas ensinar ao teu filho: se ele acha que o que ouve e o que vê é coerente, provavelmente começará a lapidar a sua personalidade e a sua psique a partir daí para o futuro. O teu filho admira-te e o vê-te como o seu próprio espelho, onde pode observar o seu reflexo quando fica em dúvida sobre algo; aí está o desafio e o esforço de ser pai.

Uma das coisas que podem ocorrer quando ensinas o teu filho por meio de exemplo e não só por conselhos é que tu te enganes. Não esqueças, no entanto, que todos se engana. e que tu também tens direito a isso: o teu filho tem que saber que há espaço para erros na vida.

Se reconhecermos os nossos erros e mostramos a eles o lado positivo que é aprender com as falhas, eles entenderão que são dessas situações que saem experiências de vida. Muitas vezes parece complicado, mas é a sinceridade que conta e sempre poderemos pedir perdão.

“Vive de tal modo que quando os teus filhos pensem em justiça, carinho e integridade, pensem em ti” – H. Jackson Brown

Partilha com as tuas amigas:

pub

Comentários: