São chocantes os perigos que nos escondem porque as grandes indústrias pagaram aos cientistas para os ocultarem!

Um grupo de investigadores da Universidade da Califórnia, nos EUA, descobriu que na década de 1960 a Sugar Research Foundation pagou a cientistas da Universidade de Harvard para alterarem os estudos que concluíam que o açúcar era o principal responsável por doenças cardíacas, passando a culpa para as gorduras. Na altura, em 1967, os cientistas receberam 50 mil dólares (cerca de 45 mil euros) e publicaram um artigo, na revista ‘New England Journal of Medicine’, a culpar as gorduras por todos os males. A partir daí começou a obsessão por dietas livres de gordura.

bolo

Como os cientistas da época e os responsáveis pelo grupo da indústria do açúcar que pagaram para ocultar a informação já morreram, não podem ser apuradas responsabilidades.

“O estudo ajudou a moldar não apenas a opinião pública sobre as causas dos problemas cardíacos mas também a perspetiva da comunidade científica sobre como avaliar os factores de risco para doenças do coração”, sublinhou Cristin Kearns, a investigadora que descobriu os documentos e os divulgou, na semana passada, na ‘JAMA Internal Medicine’.

No ano passado, o ‘The New York Times’ revelou que a Coca-Cola também estava a investir dinheiro em estudos que afirmassem que o sedentarismo era a principal causa da obesidade e não a alimentação pouco saudável.

Partilha com as tuas amigas:

Comentários: