Este exercício queima 6 vezes mais calorias do que a corrida! E de certeza que nem imaginas qual é!

Esta nova técnica de corrida e emagrecimento tem estado a fazer milagres entre varias pessoas.

Mas afinal do que se trata? Nada mais nada menos do que correr para trás. Isso mesmo, para trás. Este é um método de treinamento muito eficiente e intenso. Além de reduzir o risco de lesões nas costas e nas pernas, ajuda a tonificar os músculos das pernas e dos glúteos.

emagrecer

Por que é tão bom para perder peso?

Por ser um exercício cardiovascular completo, não apenas ajuda a queimar muitas calorias, como também se caracteriza como um treinamento completo que trabalha todos os grupos musculares, principalmente os quadrícepes.

Para se ter uma ideia, a proporção em relação a uma corrida tradicional é de 6 para 1. Isso mesmo, correr para trás é 6 vezes mais eficiente que para frente.

Conhece todos os benefícios:

Tonifica as pernas e os músculos

Quando corres para a frente, realiza uma repetição da mesma ação de maneira constante, o que pode gerar um perigoso desequilíbrio e problemas crônicos nos joelhos. Correr para trás é um método de neutralizar estes efeitos.

Previne lesões

A técnica de correr para trás sugere uma mudança motriz e, portanto, reduz o impacto agressivo sobre os joelhos, já que incorpora uma execução que ajuda a reduzir as lesões.

Reforça os músculos dos joelhos

Como dito anteriormente, correr para trás reduz ao mínimo o impacto na articulação dos joelhos. Portanto, este exercício permite desenvolver os músculos laterais dos joelhos. No longo prazo, o joelho inteiro fica mais forte e você não precisa parar de treinar.

Desenvolve uma visão periférica e ajuda no equilíbrio

Isso acontece porque, ao correr para trás, não usamos a visão o tempo todo, passamos a desenvolver outros sentidos, como a audição.

Fortalece os abdominais

Correr para trás faz com que a pessoa sinta uma melhor sensação nos músculos abdominais, além de deixar a lombar mais relaxada. Ou seja, continuas a trabalhar os músculos, mas não sentes tanto como quando corres para frente.

Melhora a postura

Correr para trás ajuda a realinhar as vértebras e alivia a pressão nos nervos. Lembra-te: os ombros devem ficar para trás e as costas sempre retas.

Recomendações gerais

  • Se pretendes começar o Retrorunning, recomendamos que vás para uma pista de atletismo tradicional ou uma pista que conheças bem. As linhas do chão vão te ajudar.

  • Se pensas correr no asfalto, o ideal é que existam marcações no chão.

  • Se  não encaras o desafio de correr na rua ou numa pista, podes começar na esteira mesmo.

  • E, claro, conversa com o teu treinador ou com o teu personal antes de saires dando os teus primeiros retropassos


Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *