Veja como fazer manteiga saudável em casa!

pub

maxresdefaultAinda que a manteiga tenha ganho má fama nos últimos anos, o certo é que seu consumo moderado pode nos oferecer alguns benefícios graças a muitas das substâncias que a compõem e que protegem nosso corpo.

Frequentemente as pessoas costumam confundir a manteiga natural e saudável com as margarinas vendidas em lojas e supermercados, que são cheias de óleos refinados poli-saturados, calorias, conservantes e outros compostos que não são bons para a saúde.

Porém, se aprendemos a diferenciar uma boa manteiga das margarinas podemos desfrutar desse alimento e aproveitar seus benefícios.

Por que a manteiga é saudável?

Ela está cheia de nutrientes e gorduras saturadas, que são essenciais para um corpo saudável. Mas claro, é importante consumi-la em porções mínimas e com alimentos saudáveis. Entre os seus principais benefícios podemos encontrar:

Vitaminas: a manteiga natural é um alimento benéfico para estimular as vitaminas lipo solúveis A, D, E e K. A vitamina A é considerada essencial para fortalecer a visão e o sistema imunológico. A vitamina D ajuda a aumentar a absorção de cálcio e, geralmente, esse benefício contribui com muitas funções de nosso corpo.

Minerais: um dos principais minerais da manteiga é o selénio. Esse poderoso antioxidante está relacionado com a redução do crescimento do cancro, ainda que essas afirmações não tenham sido demonstradas. Também é uma boa fonte de iodo, numa forma altamente absorvível.

Ácidos graxos: a manteiga, e algumas de suas gorduras saturadas, podem ter propriedades anticancerígenas. Além disso, contém ácido linoleico conjugado (ALC), que está relacionado com a prevenção do cancro e a perda de peso. Pesquisadores esclareceram que o ácido linoleico conjugado (ALC) encontra-se principalmente no leite e na manteiga de vaca alimentadas por pasto.

Lecitina: graças a essa substância, a manteiga também protege as células do dano oxidativo e contribui para o bom metabolismo das gorduras de colesterol, entre outros.

Colesterol: esse é um de seus principais componentes que, apesar da má fama, não é totalmente mau. As doenças relacionadas ao colesterol alto ocorrem devido ao consumo excessivo de carbo hidratos simples. Portanto, consumir manteiga em pequenas quantidades não é perigoso e inclusive pode nos oferecer benefícios no que diz respeito a melhorar a nossa saúde e diminuir o risco de sofrermos de certas doenças.

Como preparar uma manteiga caseira saudável?

Depois de aprender a preparar essa deliciosa manteiga caseira você não vai querer voltar a comprar as margarinas vendidas nos supermercados que não são saudáveis. Com apenas dois ingredientes você poderá preparar uma manteiga suave e deliciosa, que poderá acompanhar outros alimentos.

Ingredientes

  • 1/4 de creme de leite orgânico.

  • 3/4 de uma colher de chá de sal.

Como preparar?

  • No copo de um liquidificador ou dentro de um frasco grande com uma tampa que feche bem, coloque o creme de leite de forma que não chegue até a metade do recipiente.

  • Depois, comece a bater durante 10 minutos ou mais, se preciso, até obter a textura desejada. Ao bater você notará um líquido de cor branca que se desprende do creme à medida que a textura vai ficando mais firme. Esse líquido é soro que, para fazer a manteiga caseira, não precisaremos. Porém, se preferir, pode reservar esse soro para usar em outras receitas.

  • Continue batendo com muito cuidado até que o creme solte a maior quantidade de soro possível.

  • Quando eliminar o soro, adicione uma pitada de sal e bata por mais dois minutos. Depois, quando a textura estiver ainda mais firme, passe a manteiga caseira na água para facilitar a eliminação do soro restante. Use uma peneira fina para facilitar esse procedimento e pronto, sua manteiga caseira e saudável estará pronta quando todo o soro for eliminado.

  • Finalmente, coloque a manteiga num recipiente e mantenha no frigorífico. Bem conservada pode durar até um mês.

DICA: se desejar pode dar sabor à manteiga. Para isso, adicione ervas frescas como tomilho, manjericão, cebolinha, entre outras, finamente picadas.

Fonte: Melhor com Saúde

Partilha com as tuas amigas:

Relacionados:

Comentários: