Síndrome do coração partido é perigoso e pode até matar

pub

Sabe aquela desilusão amorosa ou a perda de alguma pessoa que gostamos muito e que acaba deixando o nosso coração partido? Então, esse tipo de sensação de coração despedaçado tem um nome e é chamado de síndrome de takotsubo.

Este síndrome trata-se de distorções no desempenho das funções do coração, depois de algum evento traumático ou stress-ante.

Este mal começou a ser estudado pela primeira vez nos anos 90, no Japão.

A síndrome apresenta um quadro clínico muito parecido com o do enfarte do miocárdio e na maioria das vezes afecta mais as mulheres e pessoas com idades entre 60 e 80 anos.

Segundo uma pesquisa realizada com 52 pessoas, entre 28 e 87 anos, todas diagnosticadas com a síndrome, a maior parte delas teve danos permanentes no coração após situações traumáticas.

E para quem pensa que este é um tipo de problema que não tem muitas consequências, especialistas em problemas cardíacos estimam que de 3% a 17% das pessoas que sofreram com este síndrome morreram no máximo de 5 anos depois do diagnóstico.

Embora os estudos sobre o problema têm avançado cada vez mais, ainda não existem métodos eficazes para o tratamento destas pessoas.

Então, o que nos resta é torcer para não passar por situações traumáticas.

Partilha com as tuas amigas:

Outras Dicas:

Comentários: